"Amarás o teu próximo como a ti mesmo."

Jesus Cristo

Cântico das criaturas

publicado em 16 de abril de 2012
categorias: Caridade

CÂNTICO DAS CRIATURAS

São Francisco de Assis

(1181 – 1226)

 

Altíssimo,

Onipotente,

Bom Senhor!

Teus são o louvor,

a glória,

a honra

e toda a benção.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

com todas as tuas criaturas,

especialmente,

o senhor irmão Sol,

que clareia o dia

e que com sua luz nos ilumina.

Ele é belo e radiante,

com grande esplendor de Ti,

Altíssimo,

é a imagem.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

pela irmã Lua

e pelas estrelas

que no céu formaste,

claras, preciosas

e belas.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

pelo irmão vento,

pelo ar e pelas nuvens,

pelo sereno,

e todo tempo

com que dás sustento

às tuas criaturas.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

pela irmã água,

útil e humilde,

preciosa e casta.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

pelo irmão fogo,

pelo qual ilumina a noite.

Ele é belo e alegre,

vigoroso e forte.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

por nossa irmã, a mãe terra,

que nos sustenta e governa,

produz frutos diversos,

flores e ervas.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

pelos que perdoam,

pelo Teu amor,

e suportam as enfermidades

e as tribulações.

 

Louvado sejas, meu Senhor,

por nossa irmã,

a morte corporal,

de quem homem algum

pode escapar.

 

Louvai e bendizei

Ao meu Senhor,

daí-Lhe graças e servi-O

com grande humildade.

Espiritualidade

Últimos textos

Caridade

"Ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, sou como o bronze que soa, ou como o címbalo que retine." (Paulo de Tarso)

Saiba mais